Olhar apurado: Consuelo Blocker fala de estilo, trabalho e sua paixão pelo hedonismo italiano

De jaqueta verde-militar, calça branca, camiseta e rasteirinha, Consuelo Blocker,  estilosa blogueira brasileira radicada em Florenca, é a própria personificação do conceito “a simplicidade é o último grau da sofisticação” atribuída a Leonardo da Vinci. Mas o que mais me marcou no almoço oferecido para ela e alguns jornalistas por Tida Zanatta, na suite presidente do Majestic, em Floripa, foi o par de olhos verdes hipnóticos que sorriem e sugerem uma inabitual curiosidade pela vida. Trabalhando com moda há mais de 30 anos nas tecelagens da família, Consuelo é do tipo que se interessa pela história de todos e quer saber opinião sobre o blog, encantando-se com cada elogio. Emanando leveza, a filha de Costanza Pascolato parece bastante confortável na própria pele, bronzeada do sol da Toscana. Charme puro.

Emanuele Lazzari, divulgação

Como virou blogueira:  na Santaconstancia (tecelagem da família), decidiram que era legal ter um blog dentro do site de indústria e eu comecei a fazer um blog de moda. Logo depois encerraram porque acharam não é algo para site de indústria porque blog tem que ser autoral. Resolvi seguir tocando de forma independente e tornei isso um trabalho. É o  que eu falo para todo mundo. Se você quer viver do blog tem que tratar ele como trabalho, tendo responsabilidade com os leitores,  compromisso de timing, de resposta, de interação. O blog tem sete anos e eu faço tudo: foto, texto, design, só não cobro. Leio de 300 a 500 mensagens por dia. E aos pouco fui entendendo o que o leitor quer. Hoje, por conta das redes sociais, não precisa mais de sete pequenos posts por semana.  Prefiro fazer três bons e mais longos. Isso é respeitar o leitor.

O que mais dá audiência no blog: looks, dicas de viagem e principalmente quando  falo das coisas do coração. Agora, por exemplo, tenho falado da síndrome do ninho vazio (Consuelo tem dois filhos, Alegra, de 21, e Cosimo, de 23.) Acho que as pessoas se reconhecem e me veem como uma pessoa de carne e osso. E eu sinto uma grande responsabilidade porque sei que as pessoas me escutam. Se eu influencio as pessoas, tenho que tratar de fazer as coisas certas.

Estilo próprio: clássico com um twist.

Referência de estilo: Giovanna Bataglia e a fotógrafa Jamie Beck (@annstreetstudio), que tem uma história curiosa. Jamie morava em Nova York e um dia pegou uma turbulência terrível. Depois disso decidiu que não podia morrer sem morar no interior da França e se mudou. Realizar o sonho incluiu descobrir toda a sensualidade da Europa genuína, a do interior. Amo seus auto-retratos no Instagram.

Estilistas/marcas preferidas: uso muitas marcas brasileiras, adoro garimpar no Minas Trend. Cito a Angela Motta (com quem Consuelo acaba de lançar uma coleção) e a Valéria Mansur, que faz umas calças de sarja de gancho mais baixo.

Consuelo no lançamento da sua coleçao em parceria com Angela Motta nas lojas Tida. Foto: Angelo Santos, divulgação

Itália: é o melhor país do mundo. Na Itália tem tudo que é lindo: a natureza, a comida, o vinho , a vontade de viver. Qualquer italiano simples é um hedonista, gosta de fazer amor, de apreciar um quadro, de contemplar a beleza e as curvas da mulher. Italiano não gosta de mulher magra. Por tudo isso, eles precisam daquele tempo todo de férias, para ver a beleza.

Programa imperdível em Florença:  tomar um drinque La Terrazza Rooftop Bar no Hotel Continentaleno e comer uma pizza no Rocco. E se perder na cidade. Andar nas ruas onde está do todo mundo não tem tanta graça. O legal é você passear nas ruas e ver as roupas secando nos varais. Perca-se em cada cidade e encontre a sua estrada.

Terraço do Continentale. Foto: Consuelo Blocker, Instagram

Comments

comments

Laura Coutinho

Escrito por Laura Coutinho

Laura Coutinho é jornalista com mestrado em Relações Internacionais. Já morou em Porto Alegre, Londres e Lisboa e é apaixonada por viagens, gastronomia, cultura e inovação. Trabalhou mais de 15 anos no Grupo RBS como repórter, editora, colunista e assinou coluna social durante um ano no Jornal Notícias do Dia. Hoje, concilia a produção de conteúdo em site próprio com o trabalho de relações públicas.

Facebook | Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *