Dica de viagem: uma vinícola e uma pousada imperdíveis inauguradas recentemente na Serra Catarinense

Fã da Serra Catarinense, fico sempre atenta às novidades da região, que tem melhorado, ainda que de forma lenta, suas opções turísticas. Mas, diferente da Serra Gaúcha, onde existem mil opções de programas em cartaz, a onda aqui é chegar, diminuir o ritmo, contemplar a natureza exuberante (ainda mais bela do que dos vizinhos), experimentar os vinhos e a gastronomia típica e conhecer boas histórias, protagonizadas não apenas pelo caloroso povo serrano como por gente que se encantou pela paisagem e elegeu o lugar para viver.

Se Urubici guarda as melhores opções de hospedagem, São Joaquim e agora Bom Retiro reúnem ótimas vinícolas, no estilo butique, tocadas com primor por famílias apaixonadas pelo mundo do vinho.

>> Confira também: cinco vinícolas para visitar na Serra Catarinense

Recentemente retornei à Serra, que logo mais, em março, oferece a programação da Vindima, período da colheita de uvas na qual as vinícolas abrem suas portas com programação especial aos visitantes. Pode ser uma boa época para aproveitar as dicas abaixo, de uma vinícola e uma pousada incríveis inauguradas no ano que passou. É possível, inclusive, conhecer as duas dicas: a distância entre a vinícola, em Bom Retiro, e a pousada, em Urubici, é de cerca de 40 quilômetros. Confira:

Vinícola Thera

Dentro da fazenda Bom Retiro, a vinícola Thera é a caçula da região, mas o plantio de uvas por ali já é antigo. É que Dilor Freitas, patriarca dos vinhos de altitude em SC e falecido em 2004, começou por ali os vinhedos que serviriam à produção da Vila Francioni, uma das primeiras da Serra, tocada hoje por Daniela Freitas, irmã de João Paulo Freitas, titular da Thera ao lado do filho Abner.  Ou seja, a família Freitas segue não apenas honrando como ampliando a saga iniciada por Dilor.  João Paulo, por exemplo, tem um projeto ambicioso para a fazenda Bom Retiro, no município de mesmo nome, que contempla condomínio, anfiteatro, hotel, spa e pista de pouso. Por enquanto, há um belo espaço receptivo para degustações dos rótulos produzidos no local e um equipado wine bar que  combina restaurante bar e sala de aula para cursos de degustação.

Ainda neste ano, cabanas para hospedagem devem ser disponibilizadas aos visitantes. O cenário é um dos mais bonitos da Serra e a diferença de altitude e de solo em  relação à São Joaquim pode ser sentida no sabor dos vinhos com bons resultados. O rosé da Thera, por exemplo, lançado há pouco mais de um ano, já foi premiado.

O wine bar abre na sexta para jantar, sábado o dia todo (almoço jantar e petiscos à tarde) e no domingo para almoço.  As degustações, guiadas por um sommelier, ocorrem nas sextas às 17h30, sábados às 11h e 17h30 e domingo às 11h.  Com degustação de quatro rótulos harmonizados com tapas, custa R$ 70 por pessoa. Durante a Vindima, no mês de março (datas ainda a conformar), a Thera deve estender a programação, como cursos, jantares harmonizados e sunsets aos sábado, com vinho e antepastos livres ao valor de R$ 140.

Vinícola TheraSC-110, Km 355 – Caneleira, Bom Retiro
Mais infos aqui e aqui. 

Paulinho Sefton, divulgação
Paulinho Sefton, divulgação
Paulinho Sefton, divulgação
Paulinho Sefton, divulgação
Paulinho Sefton, divulgação

Il Rifugio Cabanas de Montanha 

A quase 1,5 mil metros de altura, no Morro da Igreja, em Urubici, a pousada inaugurada recentemente é uma das opções mais incríveis da Serra e já entrou para minha lista de top hospedagens de SC. A começar pelo entorno, o Morro da Igreja, um dos pontos mais frios do país e parque nacional com fauna e flora protegidos pelo ICMBio (logo acima da pousada começa a área do parque onde o acesso é liberado mediante autorização prévia). A sensibilidade e consciência ambiental de Ana Ester Rossetto, empreendedora do Il Rifugio, guiou uma construção sustentável –  no total são apenas três cabanas, que utilizam contêiner na sua estrutura. A administradora que cansou da vida na Capital também investiu no plantio de espécies nativas que já atraíram mais e mais fauna – no terreno, gralhas azuis e beija-flores são visitas constantes além dos nativos sanhaçu-de-fogo e papagaio-charão.

A hospitalidade é outro ponto alto: durante o café da manhã,  alinhado com o movimento slow food e abastecido com delícias artesanais como a imperdível rosca de coalhada, o café com torra feita na cidade e o bolo de maçã da casa, não deixe de bater um papo com a Ana ou a Gi para saber mais sobre o rico entorno e pegar dicas de passeios interessantes na região, além de aprender o caminho para a cachoeira perto dali.

Nas cabanas, fica evidente o cuidado extremo com cada detalhe – das amenities orgânicas garimpadas pela Ana, passando pelos arranjos decorativos feitos com flores secas da região e pelo lindo crochê artesanal das colchas e almofadas. Dá para acordar e, do colchão ultra confortável da cama, contemplar a estonteante vista da alturas, repleta de verde, incluindo muitas araucárias.  Na lista de mimos, cesta de frutas de boas vindas,  banheira e lareira italiana com lenha ecológica. Resumindo: rusticidade e diálogo com o entorno sem abrir mão do conforto e aconchego. Um sonho de cabana, perfeita um final de semana romântico.

Il Rifugio: Estrada Geral do Morro da Igreja, Km 6.
Diárias variam entre R$ 530 e R$ 670 dependendo das datas.
Mais infos aqui e aqui. 

Cassius Giorgio, Il Rifugio, divulgação
Cassius Giorgio, Il Rifugio, divulgação
Cassius Giorgio,Il Rifugio, divulgação
Cassius Giorgio, Il Rifugio, divulgação
Cassius Giorgio, Il Rifugio, divulgação
Cassius Giorgio, Il Rifugio, divulgação
Cassius Giorgio, Il Rifugio, divulgação
Cassius Giorgio, Il Rifugio, divulgação
Cassius Giorgio, Il Rifugio, divulgação

 

 

Comments

comments

Laura Coutinho

Escrito por Laura Coutinho

Laura Coutinho é jornalista com mestrado em Relações Internacionais. Já morou em Porto Alegre, Londres e Lisboa e é apaixonada por viagens, gastronomia, cultura e inovação. Trabalhou mais de 15 anos no Grupo RBS como repórter, editora e colunista. Hoje, concilia o site próprio com uma coluna semanal no jornal Notícias do Dia, em Santa Catarina, e o trabalho de relações públicas.

Facebook | Instagram

Uma resposta para “Dica de viagem: uma vinícola e uma pousada imperdíveis inauguradas recentemente na Serra Catarinense”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *