Novidade no Campeche: Vero aposta em pães com fermentação natural e sanduíches de ostra e sardinha

Matéria elaborada em parceria com a Vero Pães Artesanais

Faz algum tempo que técnicas gastronômicas ancestrais estão retornando à cena. A fermentação natural na panificação, método extinto quando a máxima “time is money”nos impôs o fermento biológico industrializado, é uma delas.  Com sorte, Floripa já conta com alguns bons exemplos de padarias que apostam no pão “au levain”. O mais recente exemplo nasceu no Campeche, a Vero Pães Artesanais.

Simples e simpático, o local tem tripla função: padaria, empório e lanchonete. Na padaria, se alternam baguetes, pães italianos, pão integral, de cacau, de grãos e de iogurte cujo processo de produção demanda cerca de 24 horas. Passando por ali, dá prar levar o pão fabricado no processo artesanal que resulta em um produto mais saboroso – leve e com casca crocante -, mais saudável e com índice glicêmico mais baixo.  Só isso já seria digno de nota já que é o único empreendimento do perfil no Sul da Ilha.

Comer por ali, no entanto, impressiona ainda mais.  No cardápio, o foco são sanduíches nos quais se utilizam os pães feitos na casa, combinados a matérias-primas típicas da Ilha, como as ostras e a ova de tainha, curada pela dupla de proprietários:  Eduardo Fernandes e Vitor Rigo, dois apaixonados pela gastronomia e pelos processos artesanais.

Karim Rojas, divulgação

Começamos, portanto,  com as bruschettas de bottarga e ricota. A combinação com o queijo leve fez com que as potentes ovas de tainha curadas  fossem suavizadas e resultassem em uma boa opção de entrada que não impede outros pedidos.

Bruschetta no pão fatiado com ricota com botarga.
Karim Rojas, divulgação


Seguimos com o inusitado sanduíche de ostra, com ostra frita, picles de pimenta cambuci, também feito por ali, brotos de trevo e maionese de alho. Destaque para o pão de iogurte, ultra macio, com casca crocante e massa azedinha. Se a fome não for muita, dá para dividir.


Há, ainda, outras opções super interessantes de sanduíches , como o Vegetariano com cogumelos, legumes e pasta de abacate com amendoim e o Cardosinho, com sardinhas fritas, limão, tomates frescos, rúcula, brotos de feijão e maionese de pesto no pão de sêmola.

Também achei os preços bem atrativos: os sanduíches variam entre R$ 20 e R$ 28 e as bruschettas custam R$ 8.

Na sobremesa, outra alegria: o brownie com chocolate amargo e farinha de amendoim (R$ 12) servido com geleia de morango nos surpreendeu muito.

Outra invencione do cardápio da Vero são os surpreendentes patacones. Visualmente (e até no sabor) lembram batata ou mandioca frita mas na verdade são bananas verdes fritas servidas com pasta de abacate e molho da casa. Outra boa opção de entrada para compartilhar.  Para acompanhar, a refrescante limonada de hibisco, cervejas, café e chá.

Patacones: banana verde frita.

No empório, são oferecidas conservas de picles de pepino e pimentas, além de redução de vinagre balsâmico e geléias. Vale conhecer!

Vero Pães Artesanais:  R. do Gramal, 113, Campeche
Mais infos aqui.

 

Comments

comments

Laura Coutinho

Escrito por Laura Coutinho

Laura Coutinho é jornalista com mestrado em Relações Internacionais. Já morou em Porto Alegre, Londres e Lisboa e é apaixonada por viagens, gastronomia, cultura e inovação. Trabalhou mais de 15 anos no Grupo RBS como repórter, editora, colunista e assinou coluna social durante um ano no Jornal Notícias do Dia. Hoje, concilia a produção de conteúdo em site próprio com o trabalho de relações públicas.

Facebook | Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *