No clima da Oktoberfest: 10 locais para degustar cerveja artesanal e começar o esquenta

*Texto por Maíra Ferraz

Se em Munique, na Alemanha, a Oktoberfest já começou, no Brasil a contagem é regressiva para a comemoração típica alemã. De 4 a 22 de outubro, Blumenau abre as portas a moradores e turistas para uma das maiores festas cervejeiras do mundo.

Nesse clima, reuni  10 opções de locais na Grande Florianópolis para começarmos os trabalhos degustando grandes cervejas. Posso adiantar que em nada estamos para trás quando o assunto é beber bem. Temos excelentes opções em bares (e um evento!) que prestam um verdadeiro tributo à bebida. Confira:

Armada Cervejeira

Fotos: Divulgação

São 21 torneiras de cervejas excelentes, que mudam a cada semana, com preços justos. Não é por acaso que o bar está sempre cheio. O foco é na bebida, então o local não tem cozinha, mas sempre convida um food truck para servir os clientes. Há opção de growler para levar o rótulo preferido pra sua casa. Certamente vale a visita!

Maria Manchen de Souza, 400, São José
De quarta a sexta-feira, das 18h às 22h e sábados, das 16h às 21h
(48) 3094-1990
http://www.armadacervejeira.com.br/

Entreposto

Como já comentei anteriormente neste post, O ponto era para ser apenas o escritório da cervejaria, mas acabou se tornando um bar com 12 taps que reúne os amantes das artesanais Bruxa e Unika.

Rua Alves de Brito, 141, Centro
De terça a sexta (das 17h às 22h) e sábados (das 15h às 21h)
(48) 99911-4893
facebook.com/entrepostofln

Bruxa do Bosque

O sucesso do bar Entreposto foi tanto que o proprietário, Ronaldo Dutra Ferreira, decidiu abrir um novo endereço no Santa Mônica: a Bruxa do Bosque, um bar de cervejas artesanais das cervejarias Bruxa e Do Bosque, além de convidadas. São 12 taps e também opção de levar para casa em growlers. Não tem cozinha, mas o bar incentiva os clientes a pedirem via delivery e consumir ali mesmo.

Rua Doutor Agostinho sielski, 67, SL 103, Santa Mônica
De terça a sexta-feira, das 17h às 22h e sábado das 15h às 21h
(48) 99642-1111
facebook.com/bruxadobosquecervejasartesanais/

Cervejaria Istepô

Criatividade é o que não falta no bar da cervejaria artesanal Istepô. Tanto no repertório com mais de 25 taps, quanto no clima descontraído e decoração do local. Eventos especiais anunciados na página do Facebook trazem bandas convidadas que animam o espaço.

Rua Francisco Pedro Machado 333, São José
(48) 99997-4263
De quarta a sexta-feira das 18h às 22h e sábados das 15h às 22h facebook.com/istepocervejaartesanal/

Cervejaria Catarina

Com seu ambiente intimista em uma casa no estilo açoriano no Canto da Lagoa, a Catarina traz uma seleção variada de cervejas em 10 taps, além de opções em garrafas. No menu estão petiscos e comidinhas para acompanhar e harmonizar com as bebidas estrelas da casa.

Rua Laurindo Januário Silveira, 1.233, Canto da Lagoa da Conceição
De terça a sábado, das 18h às 2h. Domingos, das 18h às 23h59
(48) 3226-5441
facebook.com/cervejariacatarina/   

Beer Week

Crédito foto: Eduardo Monteiro, divulgação

A Beer Week Grande Floripa chega à sua terceira edição, de 28 a 30 de setembro, no Centro Multiuso de São José. São mais de 80 rótulos, muitos deles premiados, das cervejarias Faixa Preta, Da Ilha, The Liffey Brew Pub, Jester, Unika, Kairós, Weinmann, Sunset, On Tap e Bayer Bier. O evento é ainda uma oportunidade para o público conhecer o Caminho Cervejeiro, rota turística na região.

Centro Multiuso – São José
Dias 28, 29 e 30 de setembro, a partir das 18h
Entrada: R$ 20
facebook.com/BeerWeekFloripa     

Cerveja Sambaqui



Com duas unidades, uma no Santa Mônica e outra em Santo Antônio de Lisboa, a Sambaqui nasceu em 2013 produzindo alguns rótulos de forma artesanal e realizando experiências com insumos regionais. Apresenta um menu enxuto e um diversificado calendário de atrações culturais e musicais.

Rua Quinze de Novembro, 181, Santo Antônio de Lisboa
De terça a Domingo das 12h às 24h
Av. Madre Benvenuta, anexo ao posto BR, Santa Mônica
De segunda a sexta das 18h às 24h
(48) 9953 3103
cervejasambaqui.com.br/

The Liffey Brew Pub


Variedade é o que não falta: além de 22 torneiras de chopes, o bar dispõe de uma carta de cervejas com mais de 60 rótulos. O bar no Passeio Pedra Branca também traz um menu completo, com petiscos, sanduíches, pratos principais e sobremesas.

Rua da Universidade, loja 27, Passeio Pedra Branca, Palhoça
De terça à sábado, a partir das 18h, e domingos a partir das 16h
(48) 3283-0027
liffeypub.com.br/

On Tap  

Um misto de cervejaria artesanal, loja de equipamentos, insumos e acessórios para o cervejeiro caseiro e um generoso Tap Room, bar com cervejas artesanais. Não deixe de provar o pão especial da casa feito com cerveja e desfrute de um atendimento nota dez.

Rua Waldemar Silveira de Souza, 92, São José
Tap Room: De quarta a sexta, das 18h às 22h, sábados, das 11h às 18
(48) 3066-6066
facebook.com/On-Tap-Cervejaria-Artesanal

Cozalinda



Um boteco simpático com decoração criativa na Via Gastronômica de Coqueiros traz nas torneiras a Cozalinda Pilsen e Curió Witbier, além de uma seleção com diferentes estilos de chopes artesanais de diversas regiões do Brasil. Um cardápio de petiscos clássicos e típicos da Ilha harmonizam com cada uma delas.

Rua Desembargador Pedro Silva, 2.406, Coqueiros
De segunda a quinta-feira, das 19h às 23h30min, sextas e sábados, das 19h às 1h30min.
(48) 3307-7009
cozalinda.com

Comments

comments

Maíra Ferraz

Escrito por Maíra Ferraz

Maíra Ferraz é jornalista, pós-graduada em Comunicação e RP e tem como sua especialização favorita comer e beber bem. Trabalhou por quatro anos no Grupo RBS, três deles como editora de Gastronomia e, por último, na Revista Donna. Hoje é food hunter no Destemperados, autora no blog comidaeconteudo.com.br e gerente de comunicação em uma startup, em Florianópolis.

Facebook | Instagram | Twitter
Email: mairafflores@gmail.com

3 respostas para “No clima da Oktoberfest: 10 locais para degustar cerveja artesanal e começar o esquenta”

  1. Faltou a Dom Possebon, a única cervejaria num shopping, com 24 torneiras com as melhores cervejas locais e nacionais além da deliciosa belga Delirium. Vale muito a pena conhecer, até porque é o único local aberto domingo para encher nossos growlers para o almoço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *