De Roma, de Nápoles ou sem fermento: pizzas e suas variações em seis novos endereços em Florianópolis

Que a pizza é uma paixão brasileira e Florianópolis já conta com ótimos endereços dedicados a ela não é novidade. A inovação agora são formatos e massas de pizza inspirados em receitas diferentes daquela que se popularizou por aqui. As versões napolitana (ou napoletana com preferem os puristas), servida individualmente no prato, e a romana, geralmente servida em fatias retangulares – embora já bastante tradicionais em outras latitudes – começam agora a ganhar espaço por aqui. Na ordem do dia: poucos ingredientes e muita técnica.

Em três meses, pelo menos quatro novos endereços dedicados às pizzas napolitanas abriram as portas para se dedicar à pizza nascida na Sicília e considerada patrimonial imateral da humanidade. E pelo menos mais uma abre nos próximos meses. A febre no Brasil tem razão de ser: feita com fermentação lenta, crocante, com borda ao redor, no forno à lenha e em formato individualizado, a versão é mais leve e saborosa. Simples, preza por bons ingredientes mas sem excesso de cobertura. Na busca por fidelidade à versão original, fornos importados e farinhas italianas, assim como tomates e queijos especiais também estão incluídos nessa nova onda da pizza.

Já a tendência da pizza em versão romana é mais tímida, mas aos poucos também ganha espaço. Com fermentação ainda mais longa e maior hidratação, a massa cresce mas sem perder a leveza – uma das características da romana são os alvéolos que se criam na massa assada, mais elástica que a napolitana.

Nesse contexto de abertura do público para novas receitas, surge espaço até mesmo para uma casa focada em massas sem fermento – essa sim a pizza mais leve que já comi (confira mais abaixo).

Vamos aos endereços?

Artesano à Vera

André Motta, divulgação

Pizzaria já tradicional na cidade, a Artesano inaugurou uma casa dedicada apenas ao formato napolitano no bairro Santa Mônica. O ambiente é descolado e a massa com farinha italiana passa por um processo de fermentação natural de 48 horas. Conforme os proprietários, todos os parâmetros da “vera pizza napoletana” estão sendo seguidos.

“Estamos em contato com a Associação da Vera Pizza Napoletana (AVPN) para conseguir o selo de qualidade deles (clique aqui para ver a lista de todas as pizzarias com o selo), chancela que em SC ninguém tem ainda” compartilhou Lucas Frias, um dos donos da Artesano.

O cardápio é enxuto, dividido entre pizzas vermelhas (que levam molho de tomate) e brancas. O clássico sabor marguerita é o meu preferido.

O preço das pizzas fica entre R$28 e R$35. 

Artesano, divulgação

Artesano Pizza Bar À Vera
De terça a domingo, das 18h até 23h30
Rua Clodorico Moreira, 38, Santa Mônica, fone (48) 3204.6609

Auguri Pizzeria

Pizza napolitana. Auguri, divulgação

Recém inaugurada no Multi Open Shopping, no Rio Tavares, a Auguri oferece as duas versões de pizza: romana e napolitana.

Com farinha e tomate pelado importados da Itália e muçarela fabricada por um italiano radicado em SP, as pizzas são assadas em fornos também importados.

Na versão napolitana, a massa passa pelo processo de fermentação de 24 horas resultando em uma pizza fina com bordas mais altas, crocante por fora e macia por dentro. Entre os destaques, a pizza marguerita e a de linguiça com funghi. Já na versão romana, a fermentação leva 48 horas e uma massa é mais grossa e alta, porém com uma maior leveza por ser hidratada a 85%. Entre os destaques, parma e rúcula, e a de Nutella com ricota.

Pizza romana. Auguri, divulgação

Os preços da pizzas na Auguri variam entre R$ 29 e R$ 40.

Auguri Pizzeria
De terça a domingo, das 17h30 às 22h.
Multi Open Shopping (Rod Dr. Doutor Antônio Luiz Moura Gonzaga, 3339, Rio Tavares), – Loja 02. Fone: (48) 3381-8187

Salve Pizzaria 

Salve Pizzaria, divulgação

Advogado de formação, Milton Garcia, proprietário da Salve Pizzaria, deixou o sangue italiano falar mais alto e apostou na pizza napolitana. Estudou gastronomia, consultou especialistas e comeu as melhores pizzas da Itália para chegar na receita da pizza de longa fermentacao (de 24 a 36 hora), massa macia e borda elevada que serve na Salve, que fica no Centro de Florianópolis.

O forno especial que recebe a pizza a 485 graus é feito de biscotto di Sorrento, pedra vulcânica do Vesúvio que, entre outras características, é porosa e permite que o calor se espalhe e asse a pizza em apenas cerca de 90 segundos. A muçarela de búfala é fresca e o molho é de tomate italiano. São 12 sabores disponíveis e os valores variam entre R$ 28 e R$ 45.

“Como em Nápole, a ideia é que ao provar a pizza as pessoas sintam o sabor da massa, do molho e do queijo” compartilha Milton, que também busca a certificação da AVPN.  

No menu ainda há espaço para entradas como a burrata, e sobremesas como a pizza de nutella e a panacotta.

Salve Pizzaria, divulgação
Salve Pizzaria, divulgação

Salve! Pizzaria Napolitana
De terca a domingo. Das 19h as 23h 
Travessa Harmonia, 45, Centro. Fone: (48) 3879-7503


Fabbrica Milano

Endereço do ítalo-brasileiro Marco Montorfano, que já tem pizzarias em Londres, Milão e Barcelona, a Fabbrica Milano oferece uma pizza que não se enquadra nem entre as romanas e nem entre napolitanas – sem fermento, a massa leva apenas trigo, água, sal e azeite de oliva. O resultado é uma massa fininha e super leve. A pizza é enorme, tem formato oval e os ingredientes dão show: todas as pizzas levam muçarela de búfala sem lactose e tomate italiano.

Calabresa e Marguerita da Fabbrica Milano. Foto Laura Coutinho

O espaço no bairro Agronômica é super charmoso e foge do visual italiano óbvio. Com grafites e uma pegada mais industrial, Marco homenageou a história da família, que emigrou da Itália para o Brasil no início do século passado.

E a Fabrica Millano já aposta na expansão: em agosto, inaugura no Beiramar Shopping em versão mais completa, com cardápio que inclui massas, saladas e outras delícias italianas, como o tiramisu e a panacotta.

Experimentei a marguerita e super indico. Pizzas custam de R$ 24 a R$ 35.

Fabbrica Milano
De segunda a sexta, das 11h45 às 14h30 e das 19h às 23h30
Sábado e domingo das 19h às 23h30
Rua Rui Barbosa, 724, Agronômica, Florianópolis, fone (48) 3879-3139

Bocca al lupo

Bocca al lupo, divulgação

Na agitada rua Vidal Ramos, no Centro de Floripa, chama atenção a pequena loja sempre movimentada. Na vitrine, generosas fatias retangulares de pizza romana. Mais alta, a pizza da Bocca al lupo tem massa com longa fermentação (até 72 horas) e alta hidratação. Os sabores das pizzas mudam a cada semana. Entre os destaques, a caprese, com tomate, muçarela de búfala, manjericão, e tapenade de azeitonas pretas.

As fatias de pizzas variam entre R$ 10 e R$ 15.

Bocca al lupo︱pizza al taglio
De segunda a sexta, das 11h às 19h30, sábado das 11h às 14h30
Rua Vidal Ramos, 153, loja 8.

Em breve: Nonnonapo

Divulgação

Donos de uma das melhores pizzas de Floripa, a Forneria Catarina, os irmãos Juliana e Marcos Christol também estão prestes a embarcar no mundo das napoletanas. O novo endereço, na Lagoa da Conceição foi batizado de Nonnonapo e deve estrear no final de agosto.

Divulgação

Tem mais dicas de novas e boas pizzarias em Floripa? Deixe nos comentários!


Comments

comments

Laura Coutinho

Escrito por Laura Coutinho

Laura Coutinho é jornalista com mestrado em Relações Internacionais. Já morou em Porto Alegre, Londres e Lisboa e é apaixonada por viagens, gastronomia, cultura e inovação. Trabalhou mais de 15 anos no Grupo RBS como repórter, editora, colunista e assinou coluna social durante um ano no Jornal Notícias do Dia. Hoje, concilia a produção de conteúdo em site próprio com o trabalho de relações públicas.

Facebook | Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.