Campanha de financiamento coletivo pretende criar banco de imagens inspiradoras composto por negras

Por que é tão difícil ver fotos inspiracionais com mulheres negras? O questionamento generalizado motivou a ação de duas meninas, a jornalista Gabrielle Estevans, radicada em Floripa, e a redatora publicitária Joana Mendes, de SP, que estão tentando criar um novo cenário.

Arte de Luciana Aranha

O projeto, que está no catarse para financiamento coletivo, foi batizado de Young, gifted and black em homenagem à canção de Nina Simone, que conta o que é ser “jovem, brilhante e negro” e considerada um dos hinos do movimento negro durante o período da luta pela igualdade de direitos civis.

A ideia das meninas é, depois da fase de financiamento, disponibilizar um banco de imagem com 21 fotos de mulheres negras para serem baixadas gratuitamente e em alta resolução. Para fins comerciais, as fotos serão vendidas por um preço justo.

Reprodução

“A maior parte desse projeto será feita por mulheres negras, que queremos que sejam bem remuneradas pelo seu trabalho — já que são as que menos ganham dentro da nossa sociedade. Dizem que levamos  21 dias para se mudar um hábito. Justamente por isso, esse projeto terá 21 fotos: cada uma para um dia de um novo hábito, o de ter mulheres negras em mais espaços”,  explicam Gabrielle e Joana.

Para saber mais ou ajudar, clique aqui. 

 

 

Comments

comments

Laura Coutinho

Escrito por Laura Coutinho

Laura Coutinho é jornalista com mestrado em Relações Internacionais. Já morou em Porto Alegre, Londres e Lisboa e é apaixonada por viagens, gastronomia, cultura e inovação. Trabalhou mais de 15 anos no Grupo RBS como repórter, editora, colunista e assinou coluna social durante um ano no Jornal Notícias do Dia. Hoje, concilia a produção de conteúdo em site próprio com o trabalho de relações públicas.

Facebook | Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *